MOÇÃO Nº 21.818/2018

MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES AO MUNICÍPIO DE CATU PELA PASSAGEM DO SEU ANIVERSÁRIO DE
EMANCIPAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA.

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA faz inserir na ata dos seus trabalhos Moção de
Congratulações ao município de Catu pela passagem do seu aniversário de 150 anos de
emancipação político-administrativa, comemorado no dia 26 de junho do corrente ano.

Os relatos sobre o território onde está situado o município de Catu dão conta de que os
primeiros habitantes do local foram os índios Pataxós e Tupiniquins. Com a chegada dos
portugueses à Bahia, os nativos fugiram para o sertão.

A área onde foi instalado o município de Catu compunha as terras das sesmarias do conde da
Ponte, para onde migraram muitos colonos. Tempos depois, mais precisamente em 1787, o então
12° Arcebispo da Bahia, Dom Antônio Correia, fundou na localidade a freguesia de Santana do
Catu, abrangendo a vastidão daquelas terras.

Depois a igreja católica se mobilizou pela demarcação do limite entre Santana do Catu e
Alagoinhas. No ano de 1863 o presidente da Província, Dr. José Bonifácio Vasconcelos de
Azambuja, regulamentou o território de cada local. Em 26 de junho de 1868, com área
desmembrada da então Vila de São Francisco, é criado o município de Santana do Catu. Por
volta da década de 1930, o local passou a se chamar apenas Catu.

Situado às margens da BR-110, o município tem sua economia baseada nos setores comercial e
petrolífero. O aniversário de Catu coincide com a época dos festejos juninos, período em
que expressões da cultura catuense ganham mais força através da música e culinária, por
exemplo. A cidade tem Senhora Sant’Ana como padroeira.

Na data em que Catu comemora a sua emancipação político-administrativa, a Assembleia
Legislativa da Bahia aplaude este município por sua trajetória de ascensão impulsionada
pela garra e força de seu povo.

Dê-se ciência da presente Moção à Prefeitura Municipal e à Câmara Municipal.

Sala das Sessões, 25 de junho de 2018

Deputado Carlos Geilson