MOÇÃO DE APLAUSO AO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DO ALMEIDA PELA PASSAGEM DO SEU ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA.

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA faz inserir na ata dos seus trabalhos Moção de Aplauso ao município de Conceição do Almeida pela passagem do seu aniversário de 128 anos de emancipação político-administrativa, comemorado no dia 18 de julho do corrente ano.

Os registros históricos que versam sobre a trajetória de Conceição do Almeida são de meados do século XIX. Foi nessa época que um povoado começou a se formar ao redor da capela local, construída sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição, e recebeu o nome de Capela do Almeida devido ao fato de os proprietários da área serem da família Almeida Sande.

A princípio a localidade era subordinada ao município de São Felipe, mas depois a população almeidense batalhou por sua autonomia. Em 1872 o lugar alcançou o nível de distrito e com o nome de Conceição do Almeida. No ano de 1890 conquistou sua autonomia, mas em 1909 foi nominado como Afonso Pena. O nome Conceição do Almeida foi retomado em 1944.

Integrante de um dos berços da cultura baiana, o Recôncavo Baiano, o município tem as festas juninas entre suas expressões culturais. O hino de Conceição do Almeida foi composto pelo poeta Castro Alves que num trecho da homenagem diz: “Grato oásis do viajante. Terra de lindos primores. Tu és sultana das flores. Bela filha do sertão”.

Na data em que Conceição do Almeida comemora a sua emancipação político-administrativa, a Assembleia Legislativa da Bahia aplaude ao município, desejando que os almeidenses sejam contemplados cada vez mais pelas ações dos poderes públicos.

Dê-se ciência da presente Moção à Prefeitura Municipal e à Câmara Municipal.

Sala das Sessões, 17 de julho 2018

Deputado Carlos Geilson