MOÇÃO DE APLAUSO AO MUNICÍPIO DE VALENTE PELA PASSAGEM DO SEU ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA.

 

 

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA faz inserir na ata dos seus trabalhos, Moção de Aplauso ao município de Valente pela passagem dos seus 60 anos de emancipação político-administrativa, comemorados no dia 12 de agosto do ano corrente.

 

Registros históricos dão conta de que a trajetória local começou em um lugar denominado de Caldeirão, onde existia uma cacimba que servia de parada para os boiadeiros e seus rebanhos. Houve uma ocasião em que um touro bravo se desgarrou da manada e boiadeiros tiveram que vir de outras regiões para capturar o animal, que acabou morrendo afogado na fonte d’água. Com isso, o lugar passou a ser chamado de Caldeirão do Boi Valente.

 

Logo que chegaram ao território, os domadores do animal fixaram ponto de apoio nos arredores da cacimba. Assim começou a povoação inicial da localidade. Em 1900 o local se tornou distrito do município de Conceição do Coité e passou ser chamado apenas de Valente. A emancipação foi conquistada no dia 12 de agosto de 1958.

 

Tendo a Sagrada Família como padroeira, o município tem uma economia composta por várias atividades, como a produção de sisal. Repentistas, cantadores, reiseiros e grupos de teatro amador integram as expressões culturais da cidade.

 

Nesta data festiva, a Assembleia Legislativa da Bahia aplaude Valente por demonstrar de fato muita coragem diante das adversidades, bravura essa que vem do seu povo batalhador.

 

Dê-se ciência desta moção à Prefeitura Municipal e à Câmara de Vereadores.

 

Sala das Sessões, 10 de agosto de 2018

 

 

Deputado Carlos Geilson