Carlos Geilson, radialista e deputado estadual a serviço da Bahia e da região de Feira de Santana

O deputado Carlos Geilson (PSDB) estreou na política em 2006, quando obteve 27.741 votos, assumindo a primeira suplência do PTdoB. Nas eleições de 2010, o deputado obteve 37.205 votos, sendo o segundo mais votado do Partido Trabalhista Nacional (PTN) e o primeiro em Feira, sua cidade natal, onde conquistou 32.192 votos. “Fiz uma campanha sem muitos recursos, com o apoio da minha família e de amigos que acreditaram e apostaram nos meus ideais”, afirmou. Atualmente, Geilson está em seu segundo mandato (2015-2018), quando obteve 47.401 votos, pela coligação Unidos Para Uma Bahia Melhor (DEM / PMDB / PSDB / PTN / SD / PROS / PRB / PSC). Foi eleito 2° vice-presidente da Assembleia para o biênio 2017-2019 e foi 3° vice-presidente no período de 2015-2017. Em 2015, devido ao PTN se integrar à base do governo, Geilson pediu desfiliação do partido e se filiou ao PSDB, mantendo-se assim na oposição.

Carlos Geilson dos Santos Silva, 56 anos, é radialista há quase 40 anos. Geilson comanda o Jornal Transamérica, na rádio Transamérica FM de Feira, que vai ao ar das 5h30 às 8h. Por 15 anos, esteve à frente do programa Carlos Geilson, na Rádio Subaé AM, voltado para a luta em prol da comunidade e pela valorização da cidadania. Fez estágio na Rádio Sociedade AM, passou pela Rádio Carioca, e está na Rádio Subaé AM. Foi redator, noticiarista, repórter policial, programador, discotecário, diretor de jornalismo, repórter esportivo, plantonista esportivo e comentarista esportivo. É também professor de Língua Portuguesa, formado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e ministrou aulas de Literatura em cursos pré-vestibular.

“Estou num novo momento, agora atuando não mais atrás de um microfone, debatendo os problemas da Bahia e em especial da minha cidade e região – o que sempre me honrou como profissional – mas, agora, como um legítimo representante do meu estado na Assembléia Legislativa, eleito majoritariamente pela população de Feira de Santana e região”, afirmou o deputado.

Origem – Carlos Geilson é torcedor do Esporte Clube Vitória e é simpatizante do Fluminense, de Feira de Santana, e do Atlético, de Alagoinhas. O deputado reside em Feira de Santana, é casado e pai de três filhos. “Resido em Feira de Santana, a Princesa do Sertão, cidade onde nasci, cresci, que me deu régua e compasso, onde me casei, onde meus filhos nasceram e hoje estudam e onde pretendo permanecer durante meu mandato e por toda a minha vida”, disse.

O parlamentar é um homem simples, dedicado ao trabalho e a família. De origem simples, ele nasceu na zona rural, filho de um vaqueiro e pequeno agricultou com uma professora primária. Cedo, foi obrigado a deixar as origens pela necessidade de se aprimorar nos estudos.

“Apesar da simplicidade de meus pais, sempre fizeram questão que os filhos tivessem uma boa educação dentro daquilo que podiam oferecer. Sai da roça para ingressar no curso ginasial. Sonhava em ser jogador de futebol, mas a vontade de ser radialista falou mais alto. Foi ai que despertei para a necessidade de atuar de forma direta em benefício da população. Os microfones não foram mais suficientes apenas para criticar, denunciar, sugerir, propor soluções e alternativas para a minha gente simples do sertão. Queria, também, ajudar meu povo a construir um futuro melhor. Daí a minha entrada na vida pública”, contou.