Artigo

  • Tão importante que o ofício da baiana de acarajé está registrado desde 2005 no Livro dos Saberes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan, e é reconhecido como Patrimônio Imaterial do Brasil

    LER MAIS
  • Modéstia à parte, EU SOU DE FEIRA DE SANTANA! Cresci em minha cidade e minha cidade cresceu comigo. Nestas terras onde enterrei o meu umbigo, fui batizado, corri menino no quintal de minha casa, joguei bola e gude no terreiro com meus irmãos, empinei pipas pelas ruas do meu bairro, aprendi as primeiras letras do alfabeto com minha primeira professora: minha mãe. Nela descobri paixões: o rádio e a política.

    LER MAIS
  • Terra da heroína Maria Quitéria e do cangaceiro Lucas da Feira. Cidade exaltada em diversos poemas por Godofredo Filho e Eurico Alves. Mãe do artista plástico e poeta Juraci Dórea, do cordelista Franklin Maxado e do músico Carlos Pita, minha terra natal, Feira de Santana – “Cidade Formosa e Bendita”, aos olhos da Poetisa Georgina Erismanne e também aos meus – tornou-se município no dia 18 de setembro de 1833.

    LER MAIS
  • Carlos Geilson* O tema do meu pronunciamento é “contradição”. A deputada Maria Luiza Laudano disse, em seu pronunciamento, que nós temos que estar irmanados com o governo. Eu estou fora. Eu não vou me irmanar com quem quer massacrar o povo. Eu estou irmanado com quem está com o povo. Ai sim, estarei de mãos […]

    LER MAIS
  • Carlos Geilson* Acredito que houve um erro dos técnicos do governo ao não investir na recuperação do Aeroporto Governador João Durval Carneiro, aqui de Feira de Santana. Não quero acreditar que Feira de Santana foi esquecida por má vontade do governo, mas por inabilidade de algum de seus técnicos.

    LER MAIS